Acontecimentos

Pintinho nasce com quatro patas e chama atenção de criadora em Angatuba: ‘Nunca vi isso’

Segundo o veterinário Reynaldo Dias Landgraf Junior, a má-formação ocorre quando o feto está dentro do ovo, no formato de embrião e pode causar danos reprodutivos, aborto, retardo de crescimento e até deficiências funcionais.

Pintinho com quatro patas chama atenção em Angatuba — Foto: Arquivo Pessoal

Uma funcionária pública registrou o nascimento de um pintinho com quatro patas em Angatuba (SP). A ave, que atualmente tem cerca uma semana de vida, nasceu na segunda-feira (14) e foi o único dos 13 pintos da ninhada a apresentar uma deformidade.

Marisa Soares da Silva contou ao G1 que cria galinhas há três anos com o marido em uma chácara no bairro Boa Vista e essa foi a primeira vez que o casal viu algo assim.

“Eu coloquei uma galinha com 13 ovos pra chocar aí no dia 14 de setembro começaram a nascer os pintinhos e vi esse com quatro patas. Eu crio poucas galinhas, mas nunca vi isso”, conta.

Pintinho nasce com quatro patas e chama atenção em Angatuba — Foto: Arquivo Pessoal

Segundo ela, embora o animal tenha duas patas a mais, ele come, bebe água e interage de forma normal e saudável, assim como os outros.

“Está com os irmãos e vou deixá-los juntos. Ele come e bebe água normal igual aos outros irmãos”, continua.

As duas patinhas sobressalentes ficam na parte traseira do corpo da ave e estão se desenvolvendo junto com ele.

Pinto com quatro patas chama atenção de moradores de Angatuba — Foto: Arquivo Pessoal

G1 conversou com o veterinário Reynaldo Dias Landgraf Junior, que explicou que a condição pode ser proveniente de uma teratogenia, o que significa que é uma má-formação fetal, que não é comum de acontecer e tem origem em distúrbios da embriogênese.

Segundo o veterinário, a má-formação congênita, que aparece com o bicho, não é transmissível pelos genes, mas sim por outras vias, como infecciosas, nutricionais e anormalidades de crescimento.

Ao G1, Reynaldo explicou que, no caso do pintinho de Angatuba, esse problema pode causar danos reprodutivos, como aborto, retardo de crescimento e deficiências funcionais, no caso, a deambulação. Contudo, não oferece risco de morte.

Em Angatuba, pintinho nasce com quatro patas e chama atenção — Foto: Arquivo Pessoal

Fonte G1

Mostrar mais

Tradição Gaúcha

o melhor da cultura Gaúcha do Rio Grande e também notícias do Brasil e do mundo sempre trazendo o melhor da notícia..

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: