Acontecimentos

Morre criança baleada por vigilante que também matou a ex-esposa e depois cometeu suicídio em igreja

Órgãos da menina de 4 anos serão doados . Outras pessoas baleadas já receberam alta. Caso foi em Dourados (MS).

Suspeito chegou atirando no local onde as vítimas estavam — Foto: Adílson Domingos

Morreu quarta-feira (15), no Hospital Universitário, em Dourados, a criança de 4 anos baleada pelo vigilante de 52, que também matou a ex-esposa, de 51 anos, na noite de domingo (12). Ela teve morte encefálica e a família decidiu pela doação dos órgãos.

A menina de 4 anos, outra de 9, a mulher que morreu , e outras duas pessoas, estavam em frente de casa quando o o vigilante chegou atirando. Os feridos já receberam alta hospitalar.

Após o crime, o homem foi até outro bairro da cidade, na Vila Cachoeirinha, e atirou em uma mulher de 47 anos, que ficou ferida. Esta é a primeira ex-mulher dele.

Depois, o vigilante atirou contra a residência de um advogado e em seguida, entrou em uma igreja católica e no altar se matou com um tiro. O suicídio aconteceu no momento que a hóstia era distribuída em sistema drive-thur.

Mostrar mais

Tradição Gaúcha

o melhor da cultura Gaúcha do Rio Grande e também notícias do Brasil e do mundo sempre trazendo o melhor da notícia..

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: