Acontecimentos

Cidades no RS interditam pontos turísticos para não receber visitantes em meio à pandemia

Silveira Martins fez uma campanha para que turistas não visitem a cidade. No Vale Vêneto foi fechada a tradicional Igreja de Corpus Christi em São João da Polesine

Pontos turísticos na Região Central são interditados por desrespeito ao distanciamento

Para evitar aglomerações em meio a pandemia da Covid-19, cidades da Região Central do estado estão interditando diversos pontos turísticos. Mesmo com alguns locais fechados e com as normas de restrição do governo do estado, muitos visitantes têm ido até os locais.

Em Silveira Martins, os vereadores lançaram uma campanha para que as pessoas não visitem a cidade neste momento. No fim de semana passado, nos dias 15 e 16 de maio a praça central e o monumento do imigrante receberam muitos visitantes. Poucas pessoas utilizavam máscaras, que é obrigatório pelo decreto do governo do estado.

“Pensando em nossa população e nos apelos da comunidade, que estão se prevenindo, e sabendo que nossa cidade possui um índice grande de idosos e que não temos condições de atender alguém com esse vírus, lançamos a campanha ‘respeite a nossa população’ com o apoio da Brigada militar”, diz a presidente da Câmara de Vereadores de Silveira Martins, Ana Cassia Scalcon.

Mesmo com o museu e o jardim paleobotânico fechados, a cidade de Mata, conhecida pelas madeiras que viraram pedras em um processo de fossilização de mais de 200 milhões de anos, também tem recebido turistas.

“Sabemos que não é fácil ficar em casa, mas o momento não é hora de viajar pra conhecer novas cidades. Então no momento que tudo isso passar estaremos de braços abertos aqui esperando por vocês”, afirma o secretário municipal de cultura, turismo e paleontologia, Jeferson Saurin.

O distrito do Vale Vêneto, em São João da Polêsine, também tem recebido visitantes. A tradicional Igreja de Corpus Christi e outros pontos do Vale precisaram ser interditados.

Em Nova Esperança do Sul, mesmo com cerca e cadeado, as pessoas têm acessado a gruta subterrânea Nossa Senhora de Fátima.

“Infelizmente nesse tempo nós não podemos receber visitações, porque não queremos que ninguém dos nossos paroquianos, dos nossos municípios sejam vítimas dessa pandemia. Gostaríamos de pedir nesse momento, a compreensão e a colaboração de cada um”, aponta o padre Darcione Dias Martins.

De acordo com a prefeitura, no fim de semana passado, nos dias 15 e 16 de maio, cerca de 250 pessoas estiveram no local.

“É um ponto turístico muito forte na região e estamos recebendo turistas não só do estado, mas de fora também e é um ponto vulnerável pra proliferação da Covid-19”, ressalta o prefeito de Nova Esperança do Sul, Antão Perufo.

Em Faxinal do Soturno, a prefeitura interditou o estádio municipal e uma pracinha de brinquedos. Na semana passada, um dos principais pontos turísticos da cidade, a Ermida de São Pio também foi interditada.

Jardim Paleobotânico, na cidade de Mata, está fechado para não receber visitantes em meio à pandemia — Foto: Reprodução/RBS TV

Jardim Paleobotânico, na cidade de Mata, está fechado para não receber visitantes em meio à pandemia — Foto: Reprodução/RBS TV

Fonte G1 RBS

Mostrar mais

Tradição Gaúcha

o melhor da cultura Gaúcha do Rio Grande e também notícias do Brasil e do mundo sempre trazendo o melhor da notícia..

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: