SAÚDE

Psoríase: 10 verdades que você precisa saber

Quem convive com a psoríase acaba enfrentando uma situação mais difícil do que os próprios sintomas da enfermidade: o preconceito. Conscientizar e alertar as pessoas sobre a realidade da doença acaba se tornando uma iniciativa necessária na vida dessas pessoas.

A psoríase é uma doença na pele, na qual se formam escamas e manchas secas que causam coceira. Confundida com uma simples alergia, a falta de conhecimento sobre a doença pode agravar a situação do paciente. Por isso é muito importante que se entenda bem do que se trata. Veja 10 verdades sobre a psoríase e mantenha-se informado.

  1. A psoríase é comum a todos: não há preferência entre sexos, idades ou etnias. A psoríase pode afetar igualmente à todos.

2. Psoríase não é contagiosa: as causas da doença estão relacionadas a questões genéticas, imunológicas, ambientais e psicológicas. Ninguém pega psoríase pelo toque, compartilhamento de roupas e objetos, ou por dormir na mesma cama. É extremamente importante que a família e amigos entendam isso para combater qualquer preconceito que dificulte o tratamento e a maneira como o paciente enfrenta a doença.

3. Pacientes podem enfrentar preconceitos: não feche os olhos para a realidade, aceite e compreenda que os pacientes com psoríase podem acabar enfrentando momento sociais difíceis e é importante que você o ajude disseminando informações sobre a doença para que a sociedade possa ter o conhecimento e não tratar de maneira errada seu amigo ou familiar.

4. Apoio é fundamental: não evite o paciente com psoríase! Ele necessita de apoio de amigos, familiares, e colegas de trabalho. Fingir normalidade pode fazer o paciente sofrer em silêncio.

5. Sintomas podem persistir: apesar dos tratamentos, sintomas como a coceira podem persistir. Saiba que isso não é incomum, e neste caso é recomendável que se converse com o médico responsável para saber como pode agir nessas situações.

6. Psoríase pode estar associada a outras doenças: é importante que se diga o histórico na família de hipertensão, depressão, síndrome metabólica, entre outros. Converse francamente e abertamente com o médico responsável para garantir que outras doenças não venham à tona.

7. Psoríase não afeta somente a pele: A doença é conhecida por afetar a pele, mas também pode afetar articulações.

8.Estresse pode agravar a doença: relaxe! Não deixe que o estresse o atinja facilmente. Procure alternativas que aliviem ou até eliminem esse problema como exercícios físicos, meditação, yoga, etc.

9. Dieta balanceada ameniza o problema: como tudo nessa vida, a alimentação tem forte influencia sob a psoríase também. Aluns alimentos ajudam a aliviar e previnir picos inflamatórios.Alguns exemplos são peixes de água fria, azeite, sementes, nozes, frutas, verduras e legumes. Quanto mais colorido for os vegetais, melhor.

10. Aproveite o sol: apesar de muitos pacientes se sentirem envergonhados de expor as manchas na pele, o sol é importante tratamento. É essencial dedicar um tempo para passar ao ar livro. O sol ajuda a manter a pele mais saudável.

Texto originalmente publicado em sbd e adaptado pela equipe do blog Sabedoria Pura.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: