Cultura

Antigamente:O árduo trabalho das mulheres que lavavam roupas no Rio

Nem sempre nos damos conta de como o mundo evoluiu e como algumas tarefas antigamente eram árduas, há algumas décadas era um cenário habitual ver mulheres lavarem roupa nos diversos afluentes do rio, dando um colorido às margens com as peças num estendal de roupas a corar ao sol.
Haviam que aproveitar o tempo por quem tinha a lavoura diária pela frente para ajudar a cuidar.
A água não era encanada; as mulheres iam até os rio prodimo para lavar as roupas de sua família. Isto mostra -nos que as mulheres nunca estiveram desligadas do mundo do trabalho, muito pelo contrário, realizavam diversas atividades como os afazeres domésticos, cozinha, costura, atividades de campo, criação dos filhos e a lavação de roupas nos lavadouros naturais dos rios, lavar a roupa a mão, de joelhos num farrapo velho para não se molharem e não doer tanto os joelhos.
A modernidade chegou e com ela a facilidade! Hoje você tem máquinas de lavar e ferros de passar elétricos e a vapor ainda!
E hoje existe tantas mulheres que tem todo conforto em casa tem máquina que faz tudo só se dão o trabalho de estender a roupa e ainda reclamam da vida, sem pensar em suas gerações passadas todo trabalha que passaram para fazer seus afazeres em condições sofridas é para se pensar realmente.

O processo de lavagem :

A roupa geralmente era lavada no córrego ou em água da cisterna, nesse caso havia as tinas e bacias. Em ambos os casos havia uma tábua para bater, literalmente, as roupas facilitando a retirada da sujeira e diminuindo a necessidade de esfrega-las com as mãos.

*Depois de bater com a roupa na tábua dava-se uma boa esfregada e punha a roupa para quarar. Quaradouro era um espaço gramado ou com alguns matos mesmo onde se colocava a roupa com um pouco de sabão para ficar exposta no sol.

Por Sandra Rosa

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: