Notícias

Preocupação:olhares atento a falta de chuvas na Serra Catarinense

na imagem capa algumas mensagens em redes sociais das pessoas que já estão sofrendo com a estiagem

Nas redes sociais já se observa manifestações de pessoas principalmente da agricultura preocupados pela falta de chuvas e pedem aos céus humildemente pela abençoada chuva, pois com a estiagem acima da média e como não há previsão para chuvas que possam suprir a falta de água.

Então ações rápidas são necessárias diante da estiagem que aflige o município, pois devido a terra está muito seca qualquer chuva ameniza um pouco as plantas, mas não abastece os lençóis freáticos. Diante desta crucial realidade a cidade de São Joaquim, na Serra Catarinense, decretou Situação de Emergência após o nível reservatório de abastecimento de água do município ficar em estado crítico, fazendo com que os motores de bombeamento sejam desligados consecutivas vezes por causa do baixo volume de água. A CASAN, Companhia Catarinense de Águas e Saneamento responsável pelo abastecimento em São Joaquim trabalhou durante todo o final de semana fazendo o serviço de transposição de um lago (açude) da regiãopara o Rio Antonina, de onde a água é captada, uma força tarefa.

A Casan irá continuar com o trabalho de transposição de água de açudes próximas da bacia e já cogita a possibilidade perfuração de poços artesianos, no Aquífero Guarani, para evitar que o município de São Joaquim fique sem água.

Em relação à declaração de Situação de Emergência, em decorrência da estiagem, se esclarece que o registro deve ser relacionado a manter o serviço de fornecimento de água para consumo, evitando, dessa forma, o racionamento e os prejuízos na cultura agrícola.

Porém a População de São Joaquim deverá usar a água de forma consciente a fim de evitar um possível racionamento de água no município.

Algumas medidas que a população precisa realizar :

Dicas para economizar água

– Tome banhos mais breves;

– Feche a torneira ao escovar os dentes e ao fazer a barba;

– Não lave a louça com água corrente: passe rapidamente água nas louças, ensaboe os pratos e utensílios. Abra a torneira apenas para enxaguar;

– Não lave roupa com água corrente;

– Só ligue a máquina de lavar louça ou a de lavar roupa com capacidade total: o consumo é igual se ela não estiver cheia.

– Não use água como vassoura. Em calçadas e áreas pavimentadas, primeiro varra a sujeira, depois lave com a utilização de um balde;

– Em épocas de estiagem evite lavar seu automóvel;

– Reaproveite a água usada na lavação de roupas para outros fins, como lavar calçadas;

– Regule a válvula de descarga: esse cuidado pode reduzir o consumo pela metade.

Com informações São Joaquim On Line Notícias

Mostrar mais

Tradição Gaúcha

o melhor da cultura Gaúcha do Rio Grande e também notícias do Brasil e do mundo sempre trazendo o melhor da notícia..

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: