“Cavaleiro da Esperança” cultivando a tradição gaúcha percorre o Brasil todo a cavalo,em prol de ajudar pessoas doentes.

O gaúcho Gilberto Utzig, 58 anos, “Cavaleiro da esperança” que por onde passa mostra uma verdadeira lição de vida é de amor ao próximo. Através da tradição gaucha ele faz a diferença na vida de muitas pessoas doentes . Em passagem por São Joaquim na Serra Catarinense, no parque da maçã, o Zootecnista que se dedica a ajudar as pessoas em especial crianças que precisam de tratamento com custo elevado, ele atravessa o Brasil todo pedindo doações para pessoas doentes e agora está pedindo “CORRENTE DO BEM”, na campanha em busca de doações para a pequena “LÍVIA TELES”. A qual têm AME tipo 1 e precisa de 9 milhões para a cirurgia de cura dela. O cavalheiro já conseguiu 4 milhões é disse que não vai descansar enquanto não arrecadar os 9 milhões para a menina Lívia. (Esse é o meu trabalho enquanto Deus me der vida…ajudar…ajudar…sem nada querer em troca…apenas ajudar !!!… Seja você também um Cavaleiro da Esperança !!! O mundo precisa de Nós !!!… “Se fizermos o bem juntos, nós podemos até mudar o mundo !!!...”( Gilberto Utzig). A solidariedade de pessoas que Gilberto encontra no caminho o ajuda nesta linda missão de vida.

Depoimento de Gilberto Utzig em sua passagem por São Joaquim na Serra Catarinense concedida ao Jornalista do São Joaquim on Line:

  • Soube que o hospital de são luis Gonzaga iria fechar as portas em julho de 2016 e aí como não havia uma iniciativa mais forte da comunidade do poder estadual e federal para impedir o fechamento do hospital eu resolvi então montar a cavalo e ir até Brasília para chamar atenção da saúde pública no país e para tentar conseguir recurso para o hospital de uma importância vital para nossa região e aí fui nessa invernada sem patrocínio sem apoio na estrada, sem custo hospital 103 dias e a cavalo até chegar em Brasília eu ia pedindo apoio ia pedindo pouso na estrada me negavam pouso então eu muitas vezes dormia ao relento, jamais vou para hotéis, minha comida, pão salame e rapadura o que eu carrego na mala e assim eu fui atravessar 7 estados e eu tiver felicidade que a globo ficou sabendo história me encontro fez uma reportagem aquilo foi o grande diferencial portal aquela reportagem lá no jornal do almoço do Rio grande no jornal nacional da globo, no portal do globo news internacional isso fez com que as minhas redes sociais tivessem um momento muito grande de pessoas o demais de 20000 e amigos e seguidores em todas minhas vendas sociais e e então 103 dias pra mim chegar em Brasília e onde eu passava no os 7 estados e devido a globo e a mídia vinham a meu encontro para falar nos estado queriam saber minha história o que que essa pessoa ta fazendo que saiu para tentar ajuda aos doentes. Toda semana no jornal nacional no fantástico e e aquilo lá foi parar no 7 de E me caetano Braum lá pode me ceder um cantinho dormindo lá e de 2ª a 6ª eu ia conduz animais andava com dois via pra frente do congresso amarrar la na frente das bandeiras no gramado a fundação tem a bandeira das bandeiras dos estados e lá então eu ir em busca de recurso hospital e também em busca de subsídios de reconhecimento para me entender como é que funcionava a saúde pública no país por que tantos problemas na saúde pública quando os motivos me levaram então a muito trabalho fiz durante 36 dias lá lá em Brasília ta e em prol do hospital depois e voltei de Brasília e aí que houve mudança na minha vida na verdade eu sempre pensava que eu voltaria e se queria é o meu trabalho trabalho e eu isso foi pessoas começaram a me pedia me chamar para dar palestras eu já dei mais de 131 palestras então do Brasil todas gratuitas grandes redes de lojas bancos cooperativos prefeituras e principalmente escolas e também as pessoas começar um tipo de ajuda caso pessoas que tem cirurgia às vezes mais a maioria dessas pessoas quando vai eu aviso na casa de que venha a óbito pois precisam de remédio caro pra tomar e pagar pessoa tem que entrar na justiça demora e compromete as chance de cura da pessoa e eu venho a cavalo mandando passando por todos os estados e tendo um com uma relação muito estreita com as pessoas é diferente to a andar a cavalo do que andando de carro de ou de avião enfim, é hoje eu conheço muitas pessoas muitas histórias. E vou conhecer a família vou ver se realmente necessita de ajuda essa história verdadeira e sendo assim, então eu faço um vídeos faço pessoas depositar na contas bancárias a vaquinha ta muito então vídeo que eu fiz na minha página e saio em busca de doações. Nas campanhas eu jamais ganho um centavo nunca recebi nenhum p mim dessas doações tem que se feitas é diretamente na conta daquela pessoa que eu to buscando recursos já teve caso de palestra de juntar 2 3000 e 10 demais reais as pessoas fazia vaquinha e querem dar pra mim ajudar campanha eu to defendendo e eu agradeço peço desculpas na verdade não é soberba mas as pessoas tem que depositar nas contas que eu falo que aparece no vídeo que eu gravo as pessoas falando mais sobre seu problemas depositam eu não recebo nunca recebi nunca vou receber isso dá me um fator de crédito que eu tenho transparência que eu tenho nas minhas campanhas pessoa sabe que quero dinheiro realmente que eu to pedindo ele vai das contas das pessoas um dos motivo é que eu nunca fui em busca de muito de poucos eu sempre vou em busca de um pouquinho de muitos e já ajudei muitos. campanha e qual o que é o que essa é campanha pedindo ajuda em setembro de de 2019 eu fui para Montenegro na parte da manha e a outra no Sicredi lá em Montenegro fiquei conhecendo história da lívia Telles conheci a história não conhecia ainda e me falaram que eu era pessoa para abraçar sua campanha ela ela foi diagnosticada com a AME 1 aos 4 meses já tava 5 meses em campanha . Andei d mais de 50 cidades nesse período sair no dia 5 de setembro andando pelo Rio Grande do Sul entre Por Chapecó em Santa Catarina 10 de 5 de setembro e nós já batemos já passamos de 4000000 de reais de arrecadação e eu tenho comigo assim uma coisa muito presente de certeza que até fim de mês de junho a gente vai conseguir os 9000000 que a lívia precisa os EUA único país do mundo que tem a cura da Anne é uma vacina e os custos com a ida da família lá no local procedimentos que tem que fazer então de 20 a 30 dias lá se faz um preparo recebe a vacina e depois fica observação alguns dias de volta curado de las custa 9000000 de reais o governo Brasileira não pague esse tratamento, então só resta gente ir atrás e lutar para buscar e aí se o meu trabalho que eu faço em busca e para as pessoas buscando ações doações eu que me disponho durante dias p e tenho encontrado muita reciprocidade e Santa Catarina sempre a está comigo em todas campanhas sempre bem recebido estou em São Joaquim desde sexta feir trabalhando em Prol da Lívia amanhã eu devo seguir viagem em direção a Bom Jardim da Serra é isso aí vou descer serra do Rio do Rastro e na semana que vem eu começo trabalhar lá no no litoral no Vale.

Conheça mais sobre o Cavaleiro DA Esperança, Facebook lá você encontra videos de suas andanças em prol de ajudar a menina Livia.


Publicado por Tradição Gaúcha

o melhor da cultura Gaúcha do Rio Grande e também notícias do Brasil e do mundo sempre trazendo o melhor da notícia..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: